Como conseguir clientes: 12 estratégias infalíveis para freelancers

conseguir clientes imagem 1

Para quem é freelancer, conseguir clientes pode ser um dos maiores desafios, por isso, conhecer as melhores estratégias de captação é tão importante. A concorrência e a falta de dinheiro não são barreiras, afinal, o marketing digital oferece inúmeras possibilidades com ótimo custo benefício.

Se quiser ter acesso às boas práticas, a dica é continuar a leitura deste artigo para conferir tudo sobre como atrair ótimos clientes e crescer ainda mais na carreira.

 

1. Acione e sua rede de contatos

Não menospreze o “boca a boca”, pois essa ainda é uma excelente forma de captar clientes. É importante que todos saibam quais tipos de serviços ou produtos você oferece para que, no momento certo, se lembrem de você.

O networking é uma arma valiosa: converse com amigos, familiares, colegas e outros freelancers que podem, eventualmente, indicá-lo a uma oportunidade na sua área de atuação.

Para isso, é recomendado escrever um breve textinho sobre o que você faz e junto colocar o link do seu site ou portfólio. Dessa forma, todos já terão em mãos as principais informações sobre o seu trabalho e poderão te indicar quando quiserem.

 

2. Tenha um portfólio

É quase impossível conseguir algum cliente sem nenhum portfólio, ou seja, um ambiente digital no qual você se apresenta, conta suas experiências e coloca exemplos de trabalhos.

Quando você está prospectando, precisa transmitir credibilidade e, de alguma forma, compilar as informações essenciais sobre a sua trajetória em um único lugar. É para isso que serve o portfólio, que irá fortalecer muito mais confiança entre você o seu potencial cliente.

 

3. Crie um blog otimizado para SEO

O blog é fundamental para atrair e fidelizar clientes. Ao criar conteúdos relevantes e de valor para a sua persona, automaticamente você está demonstrando o seu conhecimento sobre um determinado assunto. Por isso, é recomendado escrever sobre as suas áreas de expertise, nas quais deseja conseguir mais trabalhos.

Os artigos contribuem para que você se venda sem se vender explicitamente, ou seja, por meio de um conteúdo é possível convencer o leitor sobre a qualidade do seu trabalho e todo o conhecimento que você tem a oferecer.

As técnicas de SEO, por sua vez, se forem bem executadas, te ajudarão a ranquear o seu blog nas primeiras posições do Google atrair um tráfego orgânico. E o melhor é que o custo de implementação e manutenção de um blog é bem baixo: basta ter um site, estudar sobre SEO e escrever os textos.

Sem contar que ainda é possível ganhar dinheiro com seu blog de diversas formas, além de prospectar clientes com ele!

 

4. Faça marketing pessoal nas redes sociais

Utilizar as redes sociais para captar clientes também é uma possibilidade. Fazer marketing pessoal no Instagram, LinkedIn, Facebook e YouTube é uma ótima ideia. E estes canais podem ser explorados tanto de maneira orgânica como paga. As redes são utilizadas com diferentes objetivos além da venda direta, por exemplo, para impulsionar a estratégia de conteúdo, fortalecer o relacionamento com o público e captar leads.

O LinkedIn merece uma atenção especial, pois se trata de uma rede social profissional na qual há muitas oportunidades. Por lá, o foco principal é carreira e desenvolvimento, por isso, a divulgação de produtos e serviços costuma garantir ótimos resultados se for trabalhada em conjunto com uma boa estratégia de conteúdo específica para LinkedIn.

Quer mais dicas sobre o assunto? Então não deixe de ler nosso artigo com dicas valiosas de marketing pessoal nas redes sociais!

5. Marketing de afiliados

O marketing de afiliados se caracteriza pelo processo de ganhar comissões ao promover a venda de produtos e serviços de outras pessoas ou empresas. Caso você tenha infoprodutos no seu porfólio, pode ser uma estratégia interessante terceirizar o processo de promoção e venda em troca de uma comissão.

Dessa forma, você consegue se conectar com pessoas que vão além da bolha dos seus canais digitais e atrai um público maior para conhecer o seu trabalho.

 

6. E-mail marketing

Acredite se quiser, mas o e-mail marketing é um excelente canal para engajar a sua audiência. Ao criar uma lista de e-mails, você garante um canal próprio de comunicação, que não é refém dos algoritmos das redes sociais.

É possível criar estratégias de captação de leads e fazer segmentações de acordo com o estágio no funil de vendas e os interesses específicos de cada grupo de pessoas.

No nosso artigo com exemplos de e-mail marketing fica mais fácil entender como usá-lo ao seu favor.

 

7. Mídia paga

A mídia paga pode ser utilizada nas redes sociais e no próprio Google. Os anúncios são segmentados de acordo com as características do público que se deseja atingir.

No Google, é possível realizar um estudo de palavras-chave que são utilizadas nos buscadores. Já no Instagram, Facebook, LinkedIn e outras redes, há a possibilidade de patrocinar vários formatos de conteúdos (posts de feed, artigos, stories etc).

8. Ações promocionais

A atração de clientes também pode ser impulsionada por meio de ações promocionais ao longo do ano. Aproveitar datas comemorativas que façam sentido para o seu negócio para oferece condições e preços especiais é uma ótima estratégia.

O único ponto de atenção é tomar cuidado para que o desconto afete negativamente os seus ganhos e atrapalhem toda a sua vida financeira. Lembre-se: precisa ser vantajoso para ambos os lados.

 

9. Faça parcerias com microinfluenciadores

Que tal entrar em contato com microinfluenciadores para tentar fazer parcerias? Você pode oferecer algum produto ou serviço e, em troca, a pessoa o divulga para aos seus seguidores com um cupom de desconto (isso funciona muito bem para infoprodutos).

Para esse tipo de ação ter resultados efetivos, é importante fazer um estudo de influenciadores para escolher aqueles representem os valores da sua marca e que tenham um público alinhado aos seus objetivos.

 

10. Ofereça conteúdos gratuitos de valor

Lives, eventos online, miniaulas ou e-books são ótimos exemplos de conteúdos gratuitos que ajudam a conseguir mais clientes. Ao oferecê-los, as pessoas terão acesso a uma amostra do seu trabalho e poderão te conhecer melhor.

Além disso, dependendo do tipo de estratégia que for criada, é possível captar leads e oferecer algum tipo de benefício para quem assistiu ao conteúdo ou baixou o material.

 

11. Sites para freelancers

Para quem é freela e está em busca de novas demandas, uma dica é se cadastrar em alguns sites de freelancers, como Workana, 99freelas ou Upwork. Apesar do famoso “leilão de preços” que acontece por lá, se a sua postura for seletiva e crítica é possível encontrar bons clientes.

Esses canais costumam oferecer planos gratuitos e pagos com diversos benefícios que podem aumentar as suas chances de conseguir um trabalho. Além disso, um dos principais pontos positivos que merece ser ressaltado é a possibilidade de transformar projetos pontuais em demandas fixas fora da plataforma.

 

12. Abordagem personalizada com demonstração do seu trabalho

Os freelancers também podem ir atrás de novos clientes por meio de uma prospecção ativa, ou seja, em que a abordagem é realizada pelo próprio profissional (ele não fica esperando o cliente entrar em contato).

Nesse caso, é importante realizar uma abordagem personalizada e, de acordo com a sua expertise, sugerir melhorias no negócio do cliente. Se considerar interessante, você também pode oferecer uma breve demonstração do seu trabalho ou um “teste pago”. Tudo isso pode ajudar no processo de convencimento.

Atrair novos clientes é mesmo um enorme desafio, mas não é impossível se você for bem estratégico nas suas ações. Com todas estas dicas em mãos, não faltam opções de prospecção para começar, não é mesmo?

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Mais artigos como este

Inscreva-se na nossa newsletter

Pode ficar tranquilo, não mandamos spam nem vendemos seu e-mail! Sua segurança está garantida com a gente :)

Precisa de ajuda?

Quer ser freelancer mas não sabe por onde começar? Nós te damos uma mão!