befreela logo 2

Ganhar dinheiro com dropshipping: o guia completo

ganhar dinheiro com dropshipping imagem 1

Trabalhar do conforto da sua casa com o seu próprio negócio virtual sem precisar se preocupar com burocracias e logísticas relacionadas ao estoque e entrega de produtos parece impossível? Não é! Estamos falando sobre ganhar dinheiro com dropshipping.

Trata-se de um formato de e-commerce um pouco diferente do tradicional com o qual estamos acostumados. O lojista vende para o consumidor sem precisar ter estoques dos produtos. Assim, a cada venda realizada, ele aciona o fornecedor, que é responsável por separar e enviar o pedido ao cliente.

Esta modalidade é vantajosa porque o lojista não precisa comprar produtos do fornecedor antes de comercializá-los, ou seja, compra apenas por demanda. Para quem deseja começar um negócio com pouco capital inicial, é uma forma interessante de abrir a sua loja online.

No entanto, é preciso ficar atento a alguns pontos como: a escolha dos fornecedores, a alta concorrência, as baixas margens de lucro e até mesmo as possíveis falhas devido à terceirização.

Se você nunca ouviu falar neste modelo de e-commerce, continue a leitura deste artigo, pois vamos esclarecer o passo a passo e tirar as suas dúvidas sobre como ganhar dinheiro com dropshipping. Confira!

1. Faça um planejamento financeiro

Por mais que o dropshipping seja um modelo que exige menor capital inicial, isso não significa que você não precisará investir uma grana no seu negócio.

Existem outras demandas da empresa, por exemplo:

      • construção do site;
      • sistemas voltados para o atendimento ao cliente;
      • estratégias de marketing;
      • sistemas de processamento de pagamentos.

Portanto, para que dê certo é importante fazer um bom planejamento financeiro e ter clareza sobre o quanto será necessário investir nesse momento inicial e quais os custos fixos mês a mês. Se necessário, contrate um profissional da área financeira para ajudar nesse processo, pois é essencial que seja bem executado para não ter problemas posteriormente.

2. Escolha um nicho

Ter um nicho de mercado para o seu negócio é fundamental, pois assim você terá um claro direcionamento em relação aos tipos de produtos vendidos na loja online e o perfil do público que deseja atrair.

Vender de tudo nem sempre é a estratégia mais adequada, pois acaba não fortalecendo a autoridade da sua marca em nenhum segmento específico e é mais complexo lidar com vários fornecedores de diferentes nichos.

Todo negócio precisa de um nome e uma identidade visual, não é mesmo? No caso do dropshipping não poderia ser diferente.

Para transmitir credibilidade, confiança e atrair um maior número de clientes é preciso definir o nome da sua loja e ter um logo. Isso é o básico para começar com o mínimo de direcionamento, combinado?

Para essa etapa da identidade visual, pode ser necessário contratar um designer, que será responsável por criar, além do logo, a paleta de cores, tipografia e outros elementos importantes para a construção do site e outros canais da marca.

4. Pesquise a concorrência

Ganhar dinheiro com dropshipping é muito interessante, mas isso não significa que seja uma tarefa fácil. Há uma alta competição no mercado, por isso, antes de definir o seu nicho e quais produtos colocar na sua loja, é recomendado analisar a concorrência para responder questões como:

      • Quais produtos estão sendo vendidos?
      • Quais são os nichos em alta?
      • Como é a comunicação da concorrência?
      • Qual é a média de preços dos produtos?
      • Quais são os diferenciais da concorrência?

Este processo é importante para fazer definições mais certeiras quando estiver planejando e estruturando o seu negócio.

5. Escolha os fornecedores

Outro ponto fundamental para construir a sua loja online e lucrar com ela é a escolha dos fornecedores. Nesse momento, não priorize apenas o custo dos produtos: analise também a qualidade e reputação dos fornecedores.

Algumas dicas para saber se são confiáveis ou não:

      • prestar atenção na qualidade e quantidade de avaliações de clientes na página dos produtos do fornecedor;
      • observar as imagens dos produtos publicadas pelos clientes para ter certeza de que são parecidas com as divulgadas pelo próprio fornecedor;
      • ficar atento à política de troca e devolução;
      • analisar os tipos de frete utilizados pelo fornecedor, pois isso impacta na experiência do cliente;
      • verificar se o fornecedor está devidamente legalizado.

Por fim, lembre-se de que existem tanto fornecedores nacionais como internacionais. Vale a pena analisar ambos para entender as diferença e qual faz mais sentido para o seu negócio.

6. Crie sua loja virtual

Criar o seu e-commerce também é fundamental, pois é neste ambiente que os clientes terão acesso aos produtos e conhecerão a sua marca. A loja virtual é o seu cartão de visitas e deve ser bem estruturada e atrativa, com as informações claras.

Entre as plataformas, considere nomes como Wix e Shopify. O ideal é buscar por aquelas que oferecem diferenciais para o dropshipping, como acesso a aplicativos que integram a sua loja com os canais do fornecedor.

7. Faça testes

Como todo negócio, é preciso fazer testes e estar preparado para ajustes, principalmente no início do processo. Os testes valem tanto para o site como para a estrutura da empresa, fornecedores escolhidos e estratégias de marketing.

Para ter sucesso, o ideal é contar com profissionais de diferentes áreas que podem contribuir para a criação e manutenção do seu dropshipping. Afinal, ninguém é especialista em tudo, não é mesmo?

8. Crie uma estratégia de marketing digital

Uma das etapas mais importantes para o sucesso do seu negócio é a atração e conversão de clientes. Para isso, é preciso estruturar uma estratégia de marketing digital contemplando alguns canais e ações, por exemplo:

      • SEO;
      • tráfego pago;
      • conteúdo em redes sociais;
      • parcerias com microinfluenciadores;
      • e-mail marketing.

Não se esqueça: esta etapa é necessária para consolidar a sua marca e aumentar o tráfego para a sua loja online.

9. Analise seus resultados e faça melhorias

Ao longo do processo, tenha consciência de que nem tudo vai sair perfeito logo de cara. Por isso, será preciso tirar um tempo para analisar as ações, seus resultados e traçar melhorias. É por meio de estratégias de aprimoramento que um negócio fica cada vez melhor.

E aí, convencido de que ganhar dinheiro com dropshipping é ideal para você? Se a resposta for sim, coloque a mão na massa para começar a criar o seu negócio online. Caso contrário, saiba que existem muitas outras opções  para ganhar dinheiro trabalhando de casa!

FAQ – Perguntas Frequentes

Dropshipping é um modelo de e-commerce diferente do tradicional, pois o lojista vende para o consumidor sem precisar ter estoques dos produtos comercializados. Assim, a cada venda realizada, ele aciona o fornecedor, que é responsável por separar e enviar o pedido ao cliente.

Sim! É necessário abrir um CNPJ para loja virtual para prestar qualquer atividade empresarial, trabalhar de forma legal e pagar todos os impostos.

Montar um dropshipping exige um capital inicial baixo, pois para vender você aproveita a estrutura mais consolidada de outros varejistas. No entanto, é preciso ficar atento às outras demandas da empresa, como:

      • definição do nome da marca e criação de identidade visual;
      • criação da loja online e escolha da plataforma de vendas;
      • definição de nicho e fornecedores;
      • estruturação das estratégias de marketing.

Não existe um valor fixo, pois depende de algumas variáveis relacionadas ao dropshipping, por exemplo:

      • o nicho de mercado escolhido;
      • o quão consolidada está a sua marca diante da concorrência;
      • a escolha dos fornecedores.

Não podemos afirmar quanto você vai ganhar com o dropshipping, mas tenha a certeza de que se for um negócio bem executado, poderá fazer um bom dinheiro.

Apesar de todas as vantagens, existem alguns riscos neste modelo de negócio. Alguns deles são:

      • margem de lucro pequena;
      • problemas com as entregas, que são terceirizadas;
      • tributação de produtos em compras internacionais;
      • prejuízos com as devoluções

Para quem deseja criar um negócio online sem se preocupar com a parte logística de estoque e entrega de produtos, o dropshipping vale a pena. Se for bem executado, é possível viver desta renda em longo prazo.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Mais artigos como este

Inscreva-se na nossa newsletter

Pode ficar tranquilo, não mandamos spam nem vendemos seu e-mail! Sua segurança está garantida com a gente :)

Precisa de ajuda?

Quer ser freelancer mas não sabe por onde começar? Nós te damos uma mão!