befreela logo 2

O que é landing page? Tudo o que você precisa saber!

o que e landing page imagem 1

Quando o assunto é marketing digital, não podemos deixar de explicar o que é landing page, também conhecida como a página de destino em um site. Ela tem como principal função a conversão dos usuários.

Para atingirem os seus objetivos, estas páginas devem evitar elementos que possam distrair a atenção do visitante, por exemplo, o excesso de textos. Existem várias boas práticas sobre a construção de landing pages e, para conferir, tudo você pode continuar a leitura deste artigo completo sobre o assunto.

Qual a função de uma landing page?

Uma landing page tem uma função muito simples: conversão. Isso significa que ela será eficaz quando conseguir transformar os visitantes em leads. Várias estratégias de marketing digital podem se beneficiar de uma página como esta:

      • venda de produtos ou serviços;

      • divulgação de eventos;

      • convite para inscrição em newsletter, lives etc.

Quais são os tipos de landing page?

É necessário conhecer os diferentes tipos de landing page para garantir a utilização das mais adequadas na sua estratégia e alcançar os seus objetivos. Confira as principais:

1. Landing pages de captura de leads

Ideal para quem busca prospectar potenciais clientes, pois é uma forma de captar informações do usuário, como e-mail, nome e telefone. Em troca, você deve oferecer um conteúdo relevante e de valor, que faça com que a pessoa não crie objeções para fornecer tais informações pessoais.

Costuma ser uma estratégia muito utilizada para a divulgação de ebooks: a pessoa só tem acesso ao material se deixar alguns dados em troca. Posteriormente, é possível trabalhar a comunicação e o relacionamento com aquele potencial cliente de uma forma mais personalizada.

Imagem: GetResponse

2. Landing pages de eventos

É uma página na qual são organizadas as informações sobre um evento (online ou presencial), como horários, local, atrações, apoiadores e programação completa. Esse tipo de landing page deve tornar o evento interessante e atrativo para o público-alvo, portanto, o foco deve ser apontar os benefícios e diferenciais do mesmo.

Imagem: SeedProd

3. Landing pages de vendas

A landing page de vendas direciona o usuário ao estágio final do funil de vendas. O objetivo, portanto, é gerar conversões de vendas. Para isso, a página deve trazer informações, benefícios e diferenciais sobre o produto ou serviço que está sendo vendido.

Mas não se engane: a página não precisa ser longa. É necessário incluir somente aquilo que é fundamental para que a pessoa enxergue valor no que está sendo ofertado. Uma ótima técnica é utilizar provas sociais, que são depoimentos de clientes.

Imagem: Instapage

Por que criar uma landing page?

As landing pages são essenciais para qualquer estratégia de marketing  digital bem executada. Em seguida, confira os seus principais benefícios:

Segmentação de contatos

A partir da informação que é pedida no formulário, é possível segmentar os leads para ser muito mais inteligente na comunicação. A landing page, portanto, ajuda no entendimento de quem são as pessoas interagindo com você e oferece a possibilidade de segmentá-las de acordo com o seu estágio no funil de vendas, características, interesses etc.

Redução do custo de aquisição por cliente

Criar uma landing page é simples e barato, ao mesmo tempo que gera muitas oportunidades para um negócio. Afinal, é uma forma prática de conseguir informações sobre potenciais clientes, não é mesmo?

Para os resultados serem positivos, é preciso conhecer as técnicas e elementos de construção de uma landing page e criar uma estratégia de divulgação eficaz.

Facilitação do lead scoring

Por fim, não podemos deixar de citar que o lead scoring também é beneficiado pelas landing pages. Essa é uma maneira de priorizar na estratégia os leads com maior potencial. A cada ação realizada, eles recebem pontos.

Isso facilita significativamente o trabalho do time de vendas e otimiza a conversão, garantindo melhor aproveitamento das oportunidades.

O que devo incluir na minha landing page?

Existem diversas boas práticas em relação à construção de landing pages. Descubra, em seguida, quais são os seus principais elementos:

Título e subtítulo

São dois elementos fundamentais e muito importantes para fisgar a atenção do usuário e garantir que ele continuará lendo o restante da página. Precisam ser trabalhados de forma direta, deixando clara a proposta de valor para que desperte o interesse e o faça permanecer na landing page.

Conteúdos visuais

A imagem é interessante porque complementa a proposta de valor e também cria uma conexão com o visitante da página. É importante que ela esteja alinhada à mensagem que é transmitida.

Imagens próprias e ilustrações são ideais para ressaltar a personalidade da marca ou do profissional e gerar identificação com a persona. No caso da venda de produtos, é fundamental ter fotos de qualidade que mostrem os diferenciais.

Outra maneira de trabalhar conteúdos visuais é por meio de vídeos, úteis para explicações mais complexas e promovem maior interação. Por fim, fundamental não se esquecer da identidade visual, que inclui cores, tipografia e outros elementos gráficos. Todos os conteúdos visuais devem estar alinhados entre si.

Descrição

A mensagem deve ser repassada de maneira sucinta e objetiva. Algumas boas práticas incluem:

      • utilizar bullet points;

      • escrever sentenças e parágrafos curtos;

      • destacar termos importantes em negrito;

      • ressaltar os benefícios e diferenciais.

Call to action

O call to action é o famoso CTA, conhecido como chamada para ação. É onde (normalmente um botão) o usuário deve clicar para garantir a conversão. Para ser eficaz, precisa estar em destaque na página e utilizar verbos de ação, por exemplo:

      • baixe o material grátis;

      • garanta a sua vaga com desconto;

      • acesse o conteúdo completo.

Provas sociais

Em alguns casos, utilizar provas sociais é essencial, pois são depoimentos de outras pessoas que já compraram aquilo que está sendo ofertado ou baixaram o material em questão. É ideal para eliminar objeções e incentivar o usuário a realizar a ação desejada.

Formulário

Quando um usuário preenche o formulário significa que a página atingiu o seu objetivo. Todos os campos devem estar claros e é importante tornar o processo de preenchimento simples e acessível.

Não é regra, mas saiba que, em geral, quanto mais informações no formulário, menor é a taxa de conversão. Por isso, seja breve e estratégico. 

Qual a diferença de um site e uma landing page?

Estes dois conceitos não são sinônimos. A landing page visa converter visitantes em leads e é uma página única. Por outro lado, um site é composto por uma variedade de páginas com informações e conteúdos diversos sobre a marca e/ou profissional em questão.

Além disso, enquanto na landing page há um limite de elementos que devem ser trabalhados, o site é muito mais complexo e robusto.

Como criar uma landing page

Agora que você já sabe o que é uma landing page, a sua importância e os seus principais elementos, hora de colocar a mão na massa e entender como criá-la. Confira o passo a passo:

      • defina o objetivo da página;

      • escreva o título e o subtítulo;

      • escreva a descrição com as informações necessárias;

      • defina quais conteúdos visuais irá utilizar (vídeos, imagens, ilustrações etc);

      • crie um layout atrativo, que ajude a prender a atenção do usuário;

      • defina os campos que serão inseridos no formulário;

      • crie um CTA irresistível;

      • otimize a sua página para os mecanismos de busca orgânicos (SEO);

      • crie uma URL simples e curta;

      • crie uma página de agradecimento.

Onde divulga-la?

Não adianta nada criar uma landing page perfeita se não há tráfego, não é mesmo? Para divulgá-la, você pode utilizar diferentes canais:

      • redes sociais;

      • site e blog;

      • mídias pagas;

      • e-mail marketing.

Lei Geral de Proteção de Dados: o que você precisa considerar

Por fim, não podemos terminar este artigo sem falar sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), pois a landing page pede dados dos usuários e é preciso obter o consentimento explícito dos mesmos e explicar a finalidade do uso das informações fornecidas.

São comuns as seguintes informações nos formulários, que indicam a consonância com a Lei:

      • ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses;

      • ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade;

      • você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Além disso, não é permitido:

      • fazer indicações sem conhecimento da pessoa indicada;

      • compartilhar dados de Leads sem autorização;

      • utilizar dados dos seus Leads para outras finalidades; 

      • coletar dados que não são necessários para sua operação;

      • enviar emails para Leads sem base legal válida;

      • comprar listas com dados de leads.

Agora você já sabe o que é landing page e tem todas as informações em mãos para começar a criar as suas páginas. Aproveite todo o conteúdo do artigo para elevar a qualidade das suas estratégias de marketing digital!

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Mais artigos como este

Inscreva-se na nossa newsletter

Pode ficar tranquilo, não mandamos spam nem vendemos seu e-mail! Sua segurança está garantida com a gente :)

Precisa de ajuda?

Quer ser freelancer mas não sabe por onde começar? Nós te damos uma mão!