befreela logo 2

8 Ps do marketing digital: quais são e por que são importantes?

8 ps do marketing digital imagem 1

Qualquer profissional que trabalha com marketing atualmente já ouviu falar sobre os 8 Ps do marketing digital. Trata-se de uma abordagem que leva em consideração os pontos mais centrais de uma estratégia de marketing. Nada mais é do que uma evolução dos 4 Ps tradicionais do marketing.

Com o passar do tempo, a mudança foi necessária para que os conceitos acompanhassem as transformações de um mercado cada vez mais digitalizado. Se você quer aprender mais sobre o assunto, recomendamos continuar a leitura para conferir todas as informações ao longo do artigo!

 

Quais são os 8 Ps do marketing digital?

Os 8 Ps do marketing digital são uma evolução dos 4 Ps do conceito original. A necessidade de mais Ps surgiu com o passar dos anos porque era preciso garantir planos de marketing cada vez mais integrados e completos. Com isso, outras questões além dos 4 Ps iniciais precisavam ser levadas em consideração.

Afinal, hoje em dia, ir além de preço, produto, praça e promoção é fundamental para garantir conseguir atingir os seus objetivos de vendas. Antes, o produto era o centro da estratégia, mas agora o cliente e os seus desejos e necessidades estão no holofote.

Dica: Os 8 Ps do Marketing Digital: O Guia Estratégico de Marketing Digital, de Conrado Adolpho

Para se aprofundar no assunto, recomendamos este livro completo sobre o assunto, que um grande guia estratégico, tático e operacional. Contempla o passo a passo para se ter sucesso em estratégias de negócios por meio da utilização do universo digital.

Você irá aprender a transformar a internet em uma ferramenta lucrativa e eficaz. Tudo isso unindo teoria e prática, por meio de mais de cem cases e indicações de ferramentas. Simplesmente uma leitura essencial para todos que trabalham na área.

Os 8 Ps, portanto, contemplam os 4 Ps originais e outros que foram adicionados. Confira detalhes sobre cada um deles:

1. Produto

O produto diz respeito àquilo que se deseja vender, ou seja, qual é a entrega para o cliente. Um ponto fundamental é ter clareza se o seu público precisa aquilo que você tem a oferecer, por isso, a criação de produtos devem ser muito bem estudadas e embasadas.

Para isso, definições importantes precisam ser feitas em relação ao produto, entre elas:

      • o conceito;

      • o nome;

      • as características e diferenciais;

      • a função desempenhada e como o cliente pode utilizá-lo.

 

2. Preço                                                     

Com as definições do produto em mãos, você já pode pensar nos outros Ps. O preço diz respeito a quanto você vai cobrar pelo produto que está oferecendo ao cliente. No entanto, não se engane ao pensar que o preço se refere somente ao valor monetário. Também é preciso ter clareza sobre o valor agregado de marca.

Isso significa ter planejamento e clareza sobre quanto o produto custa para ser produzido, entregue e qual é o valor final para o consumidor. Para a definição do preço também é necessário ter em mente quanto as pessoas estariam dispostas a pagar.

O valor percebido do produto será muito importante para essa definição e, por isso, ter em mente os seus diferenciais é fundamental para agregar o valor percebido.

3. Praça

A praça, por sua vez, é sobre a inserção do seu produto no mercado, ou seja, os canais onde ele está disponível para venda. Para que as definições sejam certeiras, é necessário conhecer o público, por exemplo:

      • onde ele mora;

      • quais são os seus hábitos de consumo;

      • preferências de lojas;

      • classe social.

Isso significa que se o seu cliente prefere fazer compras online, não adianta focar a estratégia de venda em estabelecimentos físicos, concorda?

4. Promoção

A promoção não diz respeito a uma ação de desconto ou liquidação e sim a como o produto será promovido, ou seja, quais são os esforços de marketing para que o produto seja conhecido e vendido.

Para criar uma estratégia adequada, é recomendado pensar nos canais de venda mais adequados e ações que poderiam gerar engajamento e conhecimento de marca. Anúncios, outdoor, redes sociais, e-mail marketing, parcerias com influenciadores… São muitas possibilidades e para acertar nas escolhas você deve entender o perfil do público.

5. Pessoas

Agora começamos com os novos Ps que foram adicionados nos últimos anos e compõem o conjunto dos 8 Ps. Focar em pessoas é muito importante para qualquer negócio, afinal, estamos falando sobre o comportamento da sua persona. Conhecer as suas dores, desejos e necessidades é o melhor caminho para criar e comunicar produtos que sejam bem aceitos pelo cliente.

Além disso, direcionar esforços para o atendimento de excelência também é necessário para garantir uma ótima experiência. Não basta ter um produto perfeito se a pessoa não é bem atendida e não consegue tirar as dúvidas.

6. Processos

Os processos dizem respeito aos fluxos de trabalho e procedimentos utilizados no dia a dia da empresa. Existem alguns pontos que merecem atenção, entre eles, o processo de atendimento ao cliente, que deve ter como objetivo oferecer a melhor experiência possível.

Além disso, processos internos também são fundamentais para garantir a organização. Cada um precisa ter clareza sobre as suas responsabilidades e o que é necessário para executar as suas tarefas. Os processos, portanto, são um guia norteador capaz de orientar o que deve ou não ser feito, além de proporcionar padronização nas ações internas e externas do negócio.

7. Posicionamento

O posicionamento é tudo aquilo que influencia diretamente a percepção do consumidor, ou seja, a maneira que a empresa interage com o público. Vários aspectos são importantes aqui, por exemplo:

      • estrutura física da empresa e/ou loja;

      • interação com o consumidor;

      • aparência do site;

      • comportamento de vendedores.

Além de mostrar que a empresa se preocupa com o consumidor, o posicionamento também deve refletir as definições de estratégia relacionadas ao produto de forma geral. Afinal, todas as decisões contribuem para consolidar o posicionamento desejado pela marca.

8. Performance

A performance é o pilar que aponta se a empresa está ou não tendo sucesso frente ao mercado. Para isso, é fundamental definir KPIs, os chamados indicadores de performance que são responsáveis por mensurar os resultados.

A partir disso, é possível analisar quais ações estão trazendo resultados positivos e quais precisam de ajuste de rota. É a maneira de analisar se o que foi estabelecido nos outros Ps está sendo bem sucedido. Os indicadores são importantes para entender os próximos passos e “não fazer escolhas no escuro”, ou seja, sem embasamento nenhum.

________________________________

Gostou do conteúdo? Agora você já conhece os 8 Ps e pode construir as estratégias do seu negócio baseando-se nesses conceitos!

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Mais artigos como este

Inscreva-se na nossa newsletter

Pode ficar tranquilo, não mandamos spam nem vendemos seu e-mail! Sua segurança está garantida com a gente :)

Precisa de ajuda?

Quer ser freelancer mas não sabe por onde começar? Nós te damos uma mão!