Em algum momento da sua vida de viajante você já deve ter se perguntado: “O que devo levar, mala ou mochila?”.

É uma dúvida cruel que assola a vida de muitos viajantes e, por isso, vamos tentar te ajudar a decidir levantando os prós e os contras de cada uma.

Antes de começar, vale lembrar que cada viagem é única assim como cada indivíduo. Então, o que é bom para você pode não ser para mim e vice-versa.

Além disso, dependendo do que você for levar – e da sua grana (para pagar a bagagem despachada) –, você precisa fazer algumas adaptações. Entendido? Vamos lá então!

Mala: prós e contras

As malas são ideais para aquelas viagens em que você vai para apenas um lugar e pretende ficar neste lugar e no mesmo hotel durante toda a viagem.

Por que? Bom, desta forma você não vai se cansar tendo que levar aquele peso sua mala de rodinhas para todo o canto, tendo que passar por escadas, metrô lotado, trens, aviões, ônibus, etc.

Outra situação em que uma mala é boa é quando você vai viajar de carro ou pretende alugar um para se locomover durante toda a viagem. Assim, do aeroporto sua mala vai para o carro e segue lá até ser colocada dentro de cada hotel que você ficar.

Quando fomos para a Patagônia em dezembro de 2017 eu não levei mochila, apenas uma pequena mala de mão que foi levada no carro e do carro para o hotel. Foi ótimo!

Prós

  • É muito mais confortável andar por um aeroporto arrastando uma mala de rodinhas;
  • É mais fácil manter tudo guardado e organizado o suficiente para não chegar com todas as roupas amassadas;
  • A maioria das malas é a prova d’agua, o que garante roupas sequinhas mesmo que sua bagagem pegue chuva;
  • Há malas que são duras e a prova de impacto, o que aumenta as chances de tudo que estiver dentro de sua bagagem despachada esteja inteiro ao chegar no destino.

Contras

  • Carregar malas de rodinha em calçadas irregulares, areia ou pedras não é nada fácil;
  • Subir e descer escadas pode ser desafiador – especialmente se não há escadas rolantes e sua mala está muito pesada;
  • Malas são uma péssima ideia se você precisa pegar o transporte público e fazer muitas conexões entre eles ou se você precisa pegar um barco para chegar em algum lugar (como nas ilhas tailandesas);
  • Se você investir seu dinheiro em uma mala ruim, as chances de você ficar sem rodinhas e acabar passando o dobro de trabalho são enormes.

Mochila: prós e contras

Aqui, obviamente, não estamos falando daquelas mochilas pequenas. A mochila que usamos nas viagens é como esta da Quechua, de 50L. Ou seja, cabe bastante coisa, tanto quanto uma mala.

Esse tipo de bagagem é para quem precisa se deslocar mais, pegar transporte público ou usar vários tipos de transporte durante uma viagem. Se você tem diversos destinos em uma viagem e não se importa de carregar um pouco de peso nas costas, a mochila é para você.

As mochilas maiores geralmente tem um bom acessório para prender na sua cintura fazendo com que o peso seja muito mais leve sob os ombros. Além disso, elas fazem com que seja muito mais fácil se locomover em terrenos irregulares e escadas. Algumas (como a nossa da Quechua) possuem capa de chuva, o que é uma ótima ideia para proteger suas coisas num dia chuvoso ou caso você pegue um voo com conexões.

Prós

  • É mais fácil de transportar do que uma mochila e ainda assim transporta a mesma quantidade de coisas dentro;
  • A maioria das mochilas possui vários bolsos, internos e externos, onde é possível guardar os mais diversos tipos de coisas;
  • É muito mais fácil e rápido se locomover com uma mochila nas costas do que carregando uma mala;
  • Uma boa mochila, geralmente, custa menos do que uma boa mala.

Contras

  • Quanto maior a mochila, maior o preço. Se você precisa de uma mochila muito grande o preço pode ser salgado;
  • Qualquer coisa guardada nos bolsos de fora pode ser facilmente roubada por algum funcionário do aeroporto;
  • Quanto mais peso, mais difícil se torna carregá-la;
  • É um pouco mais difícil de organizar do que uma mala já que, mesmo que abra inteiramente, ela é feita de tecido e, portanto, é mole.

E aí, curtiu as dicas? Tem mais alguma pra compartilhar? Deixe um comentário aqui nos contando!

Se quiser salvar este post para ler depois, salve a imagem abaixo no seu painel do Pinterest! Aproveite e siga nosso perfil por lá clicando aqui!

Uma fotógrafa que ama fotografar (claro!), viajar, comer, beber, fazer compras, viajar, ler, usar roupas bonitas, ver o pôr do sol, viajar, descobrir coisas novas, decorar a casa, passar horas na Netflix, viajar e conversar sobre todos estes assuntos.