Você já ouviu falar em branding para freelancers?

Recentemente, fiz um curso de personal branding e, depois de entender mais sobre a gestão da minha própria marca, consegui deixar minha proposta de valor mais clara.

Personal branding é a forma como você comunica sua essência e seu propósito. É promover aquilo que nos representa e é a combinação única de habilidades e experiências que fazem de você, simplesmente, você.

Com a concorrência do mercado muito acirrada, é cada vez mais essencial se diferenciar e fazer com que a sua proposta de valor seja transmitida de forma eficaz.

No caso dos freelas, não é diferente. Pensando neles, separei 12 dicas de branding para freelancers, a fim de que eles conquistem mais visibilidade, autoridade e aumentem seus resultados. Confira!

branding para freelancers

1. Conte sua história de vida

Para que a sua marca realmente chame a atenção, é fundamental que ela tenha personalidade e autenticidade. Fale para as pessoas de onde você veio e como você chegou onde está. O objetivo é ser criativo e não ter medo de mostrar as suas experiências para o seu público.

2. Crie um site ou blog

Há muita gente que trabalha de forma independente, mas são poucos profissionais que se dispõem a adotar um mindset com foco em branding para freelancers.

Uma ótima ideia é criar um site ou blog que ofereça um conteúdo de valor, de forma consistente. Não seja uma dessas pessoas. Crie uma página e mostre aquilo que é capaz. Para tanto, encontre um nicho, abrace-o e transforme-se em uma autoridade.

3. Torne-se uma marca premium

Claro que o começo é mais difícil e as coisas podem demorar um pouco a acontecer. No entanto, você pode seguir na contramão de um contexto no qual as pessoas cobram muito pouco pelos seus serviços.

À medida que você entrega trabalhos diferenciados, pode começar a cobrar um preço mais alto pelos jobs, o que fará com que os clientes passem a enxergá-lo como um profissional totalmente diferenciado.

4. Seja você mesmo

Em um mundo de enquadramentos perfeitos no Instagram, não tenha medo de fazer branding para freelancers, que é muito isso diferente de autopromoção. Sendo quem você é de fato trará muitas vantagens para a sua carreira.

Na construção do branding para freelancers, coloque suas paixões e seus sentimentos em todas as atividades. Assim, você se conectará com seus clientes de forma muito mais eficiente.

5. Sirva seus clientes antes de tudo

Antes de qualquer coisa, não foque em dinheiro, pois ele vem de forma natural. Você deve demonstrar um interesse genuíno e trabalhar para suprir as necessidades e atender seus clientes com excelência. Esteja voltado para o objetivo de fazer com que as pessoas que atende sejam extremamente bem-sucedidas. Quando você foca no seu público, a sua marca acabará decolando.

6. Construa boas relações: a essência do branding para freelancers

Entre os mitos dos freelas, um deles é que esses profissionais são sozinhos. Nessa carreira, é essencial investir em bons relacionamentos e é partir daí que você ganhará uma boa reputação.

Dessa forma, seus melhores negócios também se tornarão realidade. O que você tem feito para cultivar bons contatos?

7. Invista em sua marca

branding para freelancers

À medida que os negócios evoluem, o número de freelancers também cresce. Nesse sentido, os profissionais que de fato serão notados são aqueles que investem tempo e dinheiro para aperfeiçoar sua marca.

Pode ser um site, um portfólio ou amostras grátis de serviços: isso acabará afetando a forma com a qual seus clientes enxergam seu trabalho.

8. Faça por você o que faz pelos outros

Não é raro encontrar designers que têm sites básicos ou social medias que contam com presença limitada nas redes sociais. Mude isso e seja aquele profissional que é para os clientes.

Amplie o poder da sua marca e mostre com clareza aquilo que você pode fazer pelos outros.

9. Ajude outros freelancers

Quando você ajuda o outro, o universo se abre para você. Acredite nisso! Eu tenho ajudado todo mundo que posso e cada vez mais aparecem pessoas incríveis que não medem esforços para me ajudar. Estou, portanto, recebendo aquilo que entrego. Você também pode agir dessa mesma forma.

10. Entenda quem é a pessoa que você atenderá

Muitas vezes, pensamos que podemos atender a qualquer pessoa do mercado. Não cometa esse erro. É impossível ser tudo para todo mundo.

Agindo assim, você acabará não sendo nada para ninguém. Por isso, estabeleça suas personas e foque seus trabalhos nelas. Tenho certeza que os caminhos ficarão muito mais claros.

11. Construa um excelente portfólio

Por que você acha que eu me propus a escrever dois artigos por semana no meu blog e no LinkedIn?

Lembre-se de que ações falam muito mais do que palavras e um portfólio de qualidade e consistência fará com que as pessoas lhe enxerguem de forma única e especial.

12. Cumpra seus prazos

Cumprir os prazos é essencial para que você tenha uma marca forte e consolidada no mercado. Mas eu não falo somente da entrega de um job em si. Você precisa, acima de tudo, ser atencioso com seus clientes.

Certifique-se, por exemplo, de sempre respondê-los e avisá-los com antecedência em algum caso em que você vá atrasar alguma entrega.

Conclusão

O que achou dessas dicas de branding para freelancers? Depois que consegui ter mais clareza em relação à gestão da minha marca, passei a fazer entregas mais focadas em questões como propósito, autenticidade e humanização. Antes também era assim, mas eu não tinha um norte bem definido como tenho agora.

Lembre-se, sempre, que trabalhar a favor do seu branding é sinônimo de você se tornar uma marca poderosa. Sim, você terá de dedicar tempo e energia para isso. Mas valerá a pena.

Caso você tenha se identificado com tudo o que escrevi, é a hora de pôr na massa. Afinal, agora você tem uma compreensão mais clara de como se tornar um freelancer diferenciado.

Além disso, que tal acompanhar conteúdos exclusivos que te ajudarão a ter mais visibilidade e autoridade online? Toda semana que envio um e-mail com notícias quentes que podem ser essenciais para sua carreira. Para recebê-las, é só assinar minha newsletter em http://www.renatoribeiro.me.

*Texto publicado originalmente por Renato Ribeiro no blog renatoribeiro.me.


E aí, curtiu as dicas do Renato? Tem mais alguma pra compartilhar? Deixe um comentário aqui nos contando!

Se quiser salvar este post para ler depois, salve a imagem abaixo no seu painel do Pinterest! Aproveite e siga nosso perfil por lá clicando aqui!

BRANDING PARA FREELANCERS

Nômade Digital, produtor de conteúdo na web, consultor e palestrante. Graduado em Jornalismo, com MBA em Marketing e Pós-Graduação em Gestão de Negócios. Tem 15 anos de experiência no mercado de comunicação e marketing.